A personagem mais carismática criada por Quino é sem dúvida a pequena Mafalda. Essa niña inquieta e perguntona, teve uma vida curta dentro do mundo das ilustrações do seu criador. No entanto, até os dias de hoje, continua levantando paixões. Quem é capaz de resistir a inocência de Mafalda, quando com uma simples pergunta ou uma reflexão, questiona a realidade em que vivemos?

Apesar de ter vivido apenas 9 anos nos quadrinhos, de 1964 a 1973, Mafalda foi traduzida a mais de 30 idiomas, virou livro, filme, desenho animado e criou seguidores em todas as partes do planeta. Ao criá-la, Quino não imaginou que ela poderia viver tanto e além das fronteiras da Argentina, sua terra natal.

 

Por que surgiu Mafalda?

O próprio Quino nos explica.

Sendo assim, num mundo de contradições, Mafalda só podia ser una niña controvertida. Para encher o seu mundo, Quino também criou outros personagens. E cada um deles, assim como Mafalda, tem o seu própio caráter e a sua maneira de ser. Aqui lhes deixo o perfil destes personagens.

Dessa turma toda, o preferido de Quino sempre foi Felipe, el niño idealista. Talvez, porque como o seu personagem, Quino nunca deixou de ser um idealista. Sem querer, ou querendo, ele criou uma personagem que já tem mais 50 anos e continua mais viva e atual que nunca.

Se vocês querem conhecer mais sobre o mundo de Mafalda, visitem a página oficial de Quino. Está em espanhol e poderão praticar o idioma. 🙂

Gostou do post? Compartillhe com amig@s!